Coronavírus mata na China e aparece no Japão e EUA

Acessos: 699 virus coronovirus

Em Tóquio pedestres usam máscaras protetoras depois do governo ter confirmado o primeiro caso de infecção por coronavírus em um  homem tratado de pneumonia após retornar da China.

Um novo vírus chamado CORONOVÍRUS (marque esse nome) começa a preocupar as autoridades sanitárias de todo mundo após o dianóstico de vários casos e até mortes na China. Já se tem registro de pessoas infectadas no Japão e nos EUA.

Descoberto há poucos anos, o Caronovírus tem variantes. Algumas não infectam seres humanos, enquanto outras variantes podem causar doenças graves como a síndrome respitória aguda (SARS), ocorridas em 2003 quando acometeu cerca de 8 mil pessoas e matando 800.

Os cientistas vinham encontrando em média um novo patógeno desse vírus a cada ano, mas agora foi descoberto uma nova variante causadora de mortes de quase uma dezena de pessoas na cidade de Wuhan, China.

É provável que o coronavírus continue se espalhando por mais países nos próximos dias e semanas. Primeiro os cientistas precisam descobrir como ele se espalha e com que frequência causa as doenças graves para depois tentar impedir sua propagação.

TRÊS PERGUNTAS E RESPOSTAS:

Com que rapidez esse novo coronavírus se espalha?

R - Os cientistas ainda não fazem ideia do tempo de propagação.

Quão letal é esse coronavírus recém-identificado?

R - Parece que a taxa de mortalidade causada pelo vírus é um pouco maior que um resfriado comum e mais ou menos grave quanto o SARS.

Como podemos nos proteger desse vírus e evitar riscos?

R - Suspeita-se que o vírus se espalha a partir de mercados de animais vivos, também chamados de mercados úmidos, muito comuns na Ásia. Acontece que após a primeira infecção o vírus é transmitido de pessoa para pessoa. Portanto, evitar estes locais úmidos com animais é importante como primeira providência.

 

avatar Avelar Livio Santos
Jornalista e consultor de internet
 |   |   |   |   |   | 

 

 

Acessos: 699 virus coronovirus

Topo