China: mais 15 mil infectados em menos de 24 horas

Acessos: 488 virus china coronavirus

Número de infectados pelo coronavírus aumenta 34% na China, mas o de casos suspeitos entra em declínio. Clique para ampliar o infográfico.

Dados oficiais do governo da China confirmam 15.152 novos casos de infecção por coronavírus somente nas últimas 24 horas. No balanço divulgado ontem, 12/02/2020, o número de casos confirmados da doença era de 44.765. Hoje, menos de 24 horas depois, as infecções confirmadas saltaram para 59.901, ou seja, aumento médio de 34% em um único dia.

Um detalhe positivo neste último balanço da epidemia é que o número de suspeitos finalmente entrou em declínio baixando de 16.067 ontem, 02/02/2020, para 13.435 hoje, uma redução de quase 20%. Todavia, o número de óbitos por pneumonia coronariana subiu os mesmos 20%, passando de 1.116 mortes ontem para 1.368 hoje, menos de 24 horas depois.

 

 Acompanhe dados em tempo real no canal do portal Grátis.com.br no Youtube

Os casos de alta hospitalar após tratamento também apresentou um resultado positivo com aumento de 22% nas últimas 24 horas. De um universo de 73.336 casos suspeitos e confirmados até agora na China, 1.368 (1,9%) pessoas morreram e 6.194 (8,4%) foram curadas da doença.

Os números podem ser reais mas soam contraditórios e deixam dúvida se a epidemia está ou não sob controle das autoridades sanitárias chinesas. Esta suspeita aumenta quando o governo chinês resolve radicalizar a censura sobre os meios de comunicação tradicionais e a internet.

Fotos e vídeos em tempo real de doentes nos hospitais estão proibidas, bem como cenas de ruas nas cidades afetadas. Webcams, que até ontem mostravam em tempo real o movimento no entorno dos hospitais envolvidos no tratamento dos enfermos foram desativadas.

Em comunicado oficial divulgado nas últimas horas o Comitê Municipal de Saúde da cidade de Guangzhou fez algumas recomendações úteis aos moradores: "cuide-se bem, use uma máscara, lave as mãos com frequência, faça exercícios, não se reúna, evite refeições com outras pessoas.  

Consulte um médico mais próximo. Preste muita atenção às diretrizes de prevenção e controle do governo, não acredite em boatos, não espalhe boatos e cumpra a Circular nº 3 do Comando Municipal de Prevenção e Controle sobre a gestão de bairros residenciais fechados."

No final do comunicado faz uma alerta em tom de ameaça: "Aqueles que ocultam ou denunciam suspeitas com atraso, se recusam a aceitar a observação domiciliar e ignoram intensionalmente as observações de saúde, resultando na disseminação da epidemia, serão responsabilizados seriamente de acordo com as leis e regulamentos." 

 

avatar Avelar Livio Santos
Jornalista e consultor de internet
 |   |   |   |   |   | 

 

 

Acessos: 488 virus china coronavirus

Topo