Coronavírus se propaga verticalmente, na gestação

Acessos: 380 china brazil fab wuhan coronavirus

Imagine o desespero dos 11 milhões de habitantes de Wuhan, uma cidade fechada há 16 dias, com medo constante, racionamento alimentar, hospitais e postos de saúde lotados, barreiras nas ruas vazias ...

As autoridades brasileiras, Executivo, Legislativo e Judiciário, merecem nosso reconhecimento por agilizar e não politizar a operação de resgate de brasileiros em Wuhan, cidade com 11 milhões de habitantes fechados desde 23 de janeiro, assim como em toda a região central da China, a mais afetada pelo coronavírus. Tudo foi pensado e feito para que os cidadãos resgatadoss possam regressar rapidamente em segurança, fazer os testes em quarentena, ir para casa ou se submeter ao tratamento caso apresentado infecção pelo vírus.

Como dissemos antes, nas guerras e nas epidemias, a verdade é a primeira a ser abatida pois os governos envolvidos passam a controlar todas as informações, por motivos óbvios. Em um país sob ditadura como a China, onde normalmente nada acontece sem a vigilância estreita do Partido Comunista, o controle de informação num momento da pandemia deve ser absoluto.

Isto coloca em dúvida na gravidade da situação, independente se a informação é alarmista ou não. Sendo assim, todas as informações são bem vindas e cada um tire suas conclusões. Hoje recebemos notícias de que cidade chinesa de Guangshui, com 950 milhões de habitantes, localizada na província de Hubei (a mesma de Wuhan, foco da doença), enviou no dia 02/02/2020 um pedido de SOCORRO / SOS à imprensa chinesa e mundial, através do site oficial da administração municipal.

Este grito desesperado soa mais estranho por sinalizar que talvez o governo chinês talvez tenha total controle da situação, o que seria até compreensível. A população e autoridades sanitárias clamam por items hospitalares básicos como luvas, máscaras e remédios antiviriais tipo INTERFERON, droga usada no tratamento de AIDS/HIV, mas que também está sendo usada para tratar infectados com o Novo Coronavírus.

Uma outra informação sinalizando o agravamento da crise dá conta que, infelizmente, o coronavírus pode ser transmitido verticalmente, ou seja, de mãe para filho durante o processo de gestação. A informação partiu do Hospital Infantil de Wuham, cidade foco da doença, onde se confirmou dois casos de pneumonia neonatal por coronavírus.

Num deles o bebê teve sua infecção confirmada 30 horas após o nascimento. A mãe, segundo médico, é um paciente confirmado por pneumonia por coronavírus. Os sinais vitais do recém-nascido seguem estáveis.



 

avatarAvelar Livio Santos
Jornalista e consultor de internet
 |   |   |   |   |   | 

 

 

Acessos: 380 china brazil fab wuhan coronavirus

Topo