Coroné comunista tenta atropelar grevistas e culpa Bolsonaro pelo caos

 20.02.2020: 11:38 PM      303
Compartilhar é curtir... lembrar... cuidar... gostar...

O coroné metido a Rambo, Cid Gomes, voou de Brasília a Sobral disposto a dar um Strike nos grevistas militares.

A busca obstinada do CAOS. Esta é a melhor definição para a onda SOCIALISTA que se espalhou pelo Nordeste brasileiro. Um povo sofrido, sem emprego, sem renda, explorado de um lado pela seca e a miséria econômica, e de outro, por famílias de coronéis detentores da riqueza pública e privada, bem como da consciência política da sociedade.

Para estes coronéis não importa o partido ou a ideologia, mas sim o controle absoluto do poder, direta ou indiretamente. Atualmente todos os governadores do Nordeste são esquerdistas, representantes de partidos de orientação COMUNISTA como PCdoB, PSB, MDB e PT - este último controlando os estados da Baia, Piauí, Rio Grande o Norte e Ceará.

 

 

A degradação econômica, moral e social da região é total. Primeiro porque o povo não consegue tirar os "coronés" do poder pelo voto, por falta de opção e medo de repressão. Segundo porque os "coronés" estão no poder para se fartar do erário, não para servir ao povo dos seus currais eleitorais.

Primeiramente estes coronéis pensam em suas famílias e, segundamente, se sobrar dinheiro, nos cupinchas companheiros de partido. Resolver esta questão paradoxal é mais difícil que responder aquela perguntinha básica: "quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha?"

A violência, o desemprego, a crise econômica, a degradação moral, a falência do Estado, todos estes problemas que herdamos dos 16 anos de desgoverno petralha continuam se agravando no Ceará. O mesmo acontece e outros estados nordestinos, terra fértil para "coroné" FASCISTA metido à COMUNISTA, caso do ex-presidenciável Ciro Gomes e do seu irmão eleito senador Cid Gomes.

Veja que estes coronéis são aliados dos petralhas, pois ocasionalmente eles têm uma coisa de interesse comum: a fome de poder via exploração infinita da pobreza. O atual governador do Ceará, Camilo Santana, é um petralha de carteirinha aliado dos Gomes.

Ele rejeitou a inclusão do Estado do Ceará na Reforma da Previdência aprovada no Congresso, assim como todos os outros governadores comunistas do Nordeste. Ou seja, ao tentar puxar o tapete do governo Bolsonaro ele ferrou com os contribuintes cearenses. Claro, agora não tem dinheiro para saldar as dívidas do Estado, pagar pensões e aposentadorias e reajustar os salários dos funcionários da ativa, a maioria formada por apaniguados.

Para gente deste tipo, tanto faz o Estado quebrar ou não, pois o dinheiro para suas mordomias virá de qualquer jeito. Uma do bolso das próprias vítimas do seu governo perdulário, seja aumentando impostos, seja exigindo fatia maior do que já recebe do bolo tributário da União. Outra parte do suor de brasileiros ordeiros das regiões mais desenvolvidas como o Sul e o Sudeste, gente que trabalha duro para manter o país nos trilhos, vota um pouquinho melhor e contribui resignadamente para a redução das diferenças econômicas regionais.

Alheio aos bons princípios da administração pública como o controle de gastos, esta semana o "coroné" socialista Cid Gomes resolveu peitar policiais militares revoltados com o baixo salário e os riscos da profissão no Ceará, um dos estados mais violentos do país. A categoria paralisou as atividades, ilegalmente é verdade, para exigir a recomposição do poder de compra de seus salários. A Constituição veta o direito à greve às forças de segurança pública.

Usando máscaras ao estilo dos black blocs, estes terroristas urbanos treinados pelo PT e PSOL no Rio e São Paulo, estes militares insurretos, segundo a mídia do Ceará, intimidaram os comerciantes locais para que fechassem as portas aos consumidores como forma de pressionar o governo do PT, até então um defensor contumaz do direito de greve - nos governos adversários, é claro.

 

 

Seguindo o estilo do irmão Ciro Gomes, que xinga cidadãos nas vias públicas de "FASCISTAS FILHOS DA PUTA" e grita "vamos circular, não quero ver ninguém aqui parado", Cid Gomes voou de Brasília a Sobral disposto a dar um Strike nos grevistas. Ainda durante a viagem postou vídeo convocando a população (leia-se, seus cabos eleitorais hospedeiros da máquina pública) para o esperarem no aeroporto de onde partiriam para dar o corretivo nos amotinados.

Chegou gritando com dedo em riste para os policiais amotinados: "Vocês têm só 5 minutos para debandar, acabar com esta bagunça. Senão passo por cima de homens, mulheres e crianças". Ninguém se mexeu. Raivoso, o coroné subiu numa retroescavadeira e partiu para cima dos policiais.

Tudo indicava que derrubaria o portão e passaria por cima de meia dúzia grevistas, só para deixar bem claro quem é a lei em Sobral. Seria uma cena terrível parecida com aquela em que camburão da Guarda Bolivariana de Maduro passou por cima de manifestante na Venezuela, coisa que o piloto do tanque do PC chinês não ousou fazer em Pequim.

Com tudo sendo filmado para sua próxima campanha eleitoral, o "coroné" investiu com a pá da retroescavadeira contra o portão de ferro do quartel da PM em Área Militar. Os policiais não se intimidaram, reagiram disparando vários tiros contra o senador invasor que saiu ferido para o hospital com dois balaços no peito.

Adivinhe o que seu irmão "coroné" Ciro Gomes disse logo após o incidente?  "Culpado de tudo é Bolsonaro." A extrema-mídia fascista deu todo espaço para os companheiros de revolução usarem a troca de FOGO AMIGO DOS SOCIALISTAS como uma nova NARRATIVA contra o governo Bolsonaro, tal o estado de frustração desta gente com a fracassada missão "Faca Longa" de Adélio Bispo, em Juiz de Fora.

Toda a esquerda, que há dois anos apoiou diretamente as greves de policiais no Espírito Santo, adotou imediatamente o que eles chamam de discurso "capitalista burguês" contra os policiais. Desancou xingamentos contra os grevistas que ousaram desafiar o governo do partido. Carinhosamente, passou pano no "coroné" metido a Rambo, aquele mesmo do "LULA TÁ PRESO, BABACA!", um senador cujo o voto é importantíssimo para desestabilizar o governo de Jair Bolsonaro, "O CULPADO DE TUDO O QUE EXISTE".

Pena que Bolsonaro é bonzinho, educado e tolerante. Se fosse comigo mandava estes esquerdopatas tomarem NAQUELE LUGAR.  kkkkkk

 

avatar Avelar Livio Santos
Jornalista e consultor de internet
 |   |   |   |   |   | 

 

 

 20.02.2020: 11:38 PM      303 nordeste sobral gomes cid ciro bolsonaro

Comentários (0)

Olá, deixe seu comentário...

Topo