O exército de pedagogas esquerdopatas nas escolas

 13.02.2020: 11:26 PM      281
Compartilhar é curtir... lembrar... cuidar... gostar...

Veja a que ponto chegou a degradação do ensino no Brasil, com escolas tomadas por doutrinadores esquerdopatas como esta professora de Goiás.

O petralha é, antes de tudo, um militante FASCISTA com mentalidade NAZISTA e moral COMUNISTA. Ele adora xingar o presidente Jair Bolsonaro do que ele É, fingindo ignorar a realidade concreta em que vive.

É inconcebível para um petralha aceitar o fato de que o atual governo pratica há mais de um ano o liberalismo econômico, vem respeitando as instituições republicanas, mesmo aquelas contaminadas pela corrupção, e não esboçou qualquer medida contra às liberdades democráticas.

Só um ignorante ou IDIOTA INÚTIL doutrinado por IMBECIL COLETIVO pode abrir mão da razão, do sentido de sua própria vida individual e familiar para abraçar esta narrativa bizarra arquitetada por engenheiros sociais nostálgicos da realidade paralela vivida nos 16 anos de incompetência, mentira e corrupção.

 

 

A professora Miriam Bianca Amaral Ribeiro é a expressão mais pura e refinada desta natureza FASCISTA, NAZISTA e COMUNISTA que aprisiona o esquerdopata brasileiro. Escolhida como paraninfa de uma turma de formandos em pedagogia pela Universidade Federal de Goiás, esta professora entrou em transe ao ser tomada pelo encosto do cavalo Paulo Freire, o guro do analfabetismo nacional.

Histérica ao discursar na cerimônia, a ativista fez apologia ao mentor da pedagogia comunista nas escola brasileiras, um processo de lavagem cerebral que colocou o Brasil nos últimos lugares na última prova do Pisa, o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes.

A educação sócio-construtivista nos últimos 30 anos dos governos esquerdopatas (FHC, Lula e Dilma) fez o Brasil despencar para o 70º lugar no Pisa 2018, uma avaliação mundial da qualidade de ensino envolvendo 600 mil estudantes de 15 anos de 80 países diferentes.

Resultado: 68,1% dos estudantes brasileiros não sabem matemática básica. Nenhum aluno brasileiro conseguiu índice satisfatório em ciências e 55% não sabem sequer o básico. Em leitura e compreensão de texto um vexame: 50% são analfabetos funcionais pois não entendem o que lêem ou escrevem.

O que esperar destes jovens incautos que, desde as creches, são ASSEDIADOS INTELECTUALMENTE por psicopatas como esta Miriam da UFG, uma militante marxista assumida. No seu discurso tipo desinteria ideológica, a doutrinadora atacou duramente o presidente Jair Bolsonaro xingando-o de "homofóbico, machista, racista, misógino, que odeia pobre". Desgraçadamente sob aplausos dos formandos, um batalhão de novos pedagogos doutrinadores.

O governo Bolsonaro começa atacar o problema da educação, mas a solução é um processo demorado para mais 30 anos. Isto se os petralhas não retomarem o poder, por via do voto das vítimas ou pela revolução sangrenta, o sonho incontido de todo criptocomunista.  O comunista não tem pátria ou nação. Seu projeto é a destruição de tudo o que existe, por quaisquer meio, mesmo sabendo que não tem nada para colocar no lugar.

Enquanto os ativistas do mal reclamam aumento de gastos na educação (leia-se aumento de salário para os companheiros de doutrinação) o novo governo trabalha em busca do melhor custo-benefício com foco na restauração do ensino universal a partir dos níveis básicos. Só nos resta ajudar e torcer pela melhora continuada do ensino.

 

avatar Avelar Livio Santos
Jornalista e consultor de internet
 |   |   |   |   |   | 

 

 

 13.02.2020: 11:26 PM      281 pedagogia petralha pisa doutrinacao

Comentários (0)

Olá, deixe seu comentário...

Topo