SocioMedia      117    

Manifestações na Av Paulista reuniram mais de 1 milhão de brasileiros e 10 milhões em todo o País

Os responsáveis pelo curso panfletário "O Golpe de 2016" nas universidade públicas são tão estelionatários, corruptos e desonestos quanto o líder da seita que apoiam. Usam o dinheiro e a estrutura do Estado com a mesma volúpia com que o "alma viva mais honesta" saqueou a Petrobras, causando enorme prejuízo ao erário, especialmente aos mais pobres que dizem defender.

O método é o de sempre: com o intuito de impor a falsa narrativa, mistificar a realidade e obter vantagens para sua organização criminosa, eles repetem mentiras que serão reproduzidas como mantras pelas matilhas de idiotas inúteis que controlam.

São simplesmente bandidos corruptores de consciência, usurpadores da dignidade humana. Demore o que demorar terão que pagar o prejuízo causado a toda uma geração de jovens, com juros e correção monetária.

Percival Puggina em artigo publicado no seu BLOG puggina.org deixa bem claro o cometimento do crime de estelionato por estes comunistas profissionais acostumados a usar a pobreza como matéria prima e ao mesmo tempo vítima da sua revolução miserável.

Art. 171 do Código Penal - Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento.

E ele explica: "A definição de estelionato serve como uma luva aos ardilosos cursos universitários de extensão que estão sendo organizados no ano eleitoral de 2018 e papagueiam sobre “O Golpe de 2016 e a Nova Onda Conservadora no Brasil”.

Os bolivarianos legitimaram o PROCESSO DE IMPEACHMENT ao votarem contra a saída por improbidade administrativa da ex-guerrilheira Dilma Rousseff, responsável pelo mais corrupto, incompetente e desastroso governo que este país já teve.

E quem desencadeou a reação que abortou o verdadeiro GOLPE BOLIVARIANO que transformaria o Brasil num misto de Cuba e Venezuela foram milhões de cidadãos que saíram às ruas pacificamente gritar FORA LULA, FORA DILMA, PT.

 

Neste vídeo em seu canal no Youtube, Rodrigo Constantino dá dicas sobre temas de cursos para professores e alunos que buscam ensino universal nas universidades públicas se contraporem ao discurso esquerdopata.

Eles conseguiram recontar a história da intervenção militar de 1964 mentindo que lutavam por democracia, quando na verdade buscavam uma ditadura comunista a mando da União Soviética.

No século passado dominavam as escolas e os meios de comunicação, mas agora o conhecimento e a comunicação mudaram de canal. A internet escapa ao controle dos lulopetistas, desmistifica os autoritários e desmoraliza suas ações a cada nova tentativa de estelionato intelectual.

Usar o dinheiro público para mentir, ludibriar e doutrinar jovens é mais um crime abominável desta quadrilha ideológica de moral relativa que sobrevive como sanguessuga no aparelho do Estado. Na real eles roubam o dinheiro, a esperança e a dignidade dos mais pobres que juram defender.

avatar Avelar Livio dos Santos
Jornalista e consultor de internet
Fale conosco

 

   

comentários



Anuncie seu banner aqui

Topo